NEO SAÚDE | Quimioterapia e Radioterapia

NEO SAÚDE  

Centro de Excelência em Tratamento Oncológico

  • R Des Costa Carvalho, 90
    Batel  |  Curitiba - PR
   (41) 3306...        Ver Telefone
Compartilhe o Anúncio:            
Onde atendo
  • R Des Costa Carvalho, 90
    Batel  |  Curitiba - PR
   (41) 3306...        Ver Telefone

  Fotos:

NEO SAÚDE
NEO SAÚDE
NEO SAÚDE
NEO SAÚDE

Serviços
Oncologista
Quimioterapia e Radioterapia

Convênios
Não Informado!
Formação e Experiências Profissionais
Fundada em 1998, a Neo Saúde cresceu também fisicamente, e hoje está em uma sede com 2000m² projetada e construída especialmente para refletir, em cada detalhe, as expectativas dos seus profissionais no intuito de proporcionar o máximo de bem estar aos seus pacientes.

Preparada para atender com eficiência e atenção, a tecnologia da Neo Saúde está a serviço do conforto e da segurança presente em todas as acomodações: recepção, salas de consulta, atendimento, tratamento, biblioteca, área administrativa e estacionamento.

Esta infra-estrutura, planejada e administrada por uma equipe multidisciplinar, tendo em foco o atendimento pessoal e humanizado, está pronta para oferecer tudo que você precisa para restabelecer sua saúde com qualidade de vida.



Nossa Equipe

DR. MARCELO DE SOUZA RODRIGUES DE OLIVEIRA
CRM/PR 14662
Oncologista Clínico
Medicina Interna


DR. FERNANDO CHICOSKI
DR. JULIO CESAR FIGUEIRA
DRA. ANA PAULA DERGHAM
DR. ARI ADAMY JR.
DR. GIOVANNI ZENEDIN TARGA
DR. JEAN CARLOS WISNIESKI DA SILVA
DR. MARCELO FERREIRA
DRA. MARIA CRISTINA FIGUEROA MAGALHÃES
DRA. VANESSA KOZAK
DR. REGIS M. SCHEFFER SZELIGA
CLAUDIA ARGENTON
CRISMERI CARULA
MARIA AMELIA GARCIA DE FREITAS
ELIZABETE CRISTINA DE PAULA RIBEIRO


Tratamentos

Quimioterapia:

A quimioterapia é uma modalidade de tratamento que utiliza medicamentos específicos para a destruição das células cancerosas. Como atuam em diversas etapas do metabolismo celular, as medicações alcançam as células malignas em qualquer parte do organismo com o objetivo de diminuir ou cessar a atividade do tumor. 
 
Métodos de aplicação:
 
Subcutânea: A aplicação de medicamento Subcutâneo leva este nome devido a sua aplicação no tecido gorduroso (entre a pele e o músculo). Esse tipo de procedimento tem uma absorção mais lenta do que quando comparada a aplicação intramuscular. 
Exemplo de medicação subcutânea para quimioterapia: Zoladex, Sandostatin (depedendo da apresentação).
 
Intramuscular: Com uma capacidade de absorção mais rápida, o medicamento é aplicado no interior do músculo. Podemos utilizar como via de administração a região de deltóide (parte posterior dos braços), glúteos (mais comumento utilizada),  região de hostetter ou vasto lateral da coxa (parte externa da coxa), dependendo da exigência do medicmanento e do laboratório fabricante do mesmo
Exemplo de medicação intramuscular para quimioterapia: Faslodex, Sandostatin (dependendo da apresentação) .
 
Intravenosa: A administração intravenosa ou endovenosa é efetuada, introduzindo-se o medicamento directamente por uma veia, na corrente sanguínea. É a via mais comum de ser utilizada para quimioterapia. Utiliza-se via endovenosa através de acesso venoso periférico (puncionando veias dos braços) ou através de cateter venoso central (Port-a-cath).
Exemplo de medicamento  intravenoso para quimioterapia: Taxol, Doxorrubicina, Ciclofosfamida...
 
Intra-vesical: O tratamento se da através de cateterismo vesical que é retirado logo em seguida da aplicação da medicação. Este procedimento é indicado para tipos espefício de tumores de bexiga.
Exemplo de medicação intra-vesical para quimitorapia: Onco- BCG.
 
Via Oral: Consiste no emprego de medicamentos antineoplásicos de forma oral, como comprimidos ou cápsulas para combater células doentes, destruindo e/ou controlando o desenvolvimento tumoral.
Exemplo de medicamento via oral para quimioterapia: Xeloda, Temodal ...
 
Anticorpos Monoclonais: Os anticorpos monoconais ou terapia alvo são medicamentos que agem de forma mais específica e, portanto, apresetnam menor potencial de eventos adversos. Atingem preferencialmente as células doentes, elas demosntram um grau de toxicidade muito menor, fazendo com que a incidência de efeitos colaterais seja reduzida de forma significativa. 
Exemplo de anticorpos monoclonais ou terapia alvo: Herceptin, Avastin, Erbitux .
 
Riscos durante as infusões:
A aplicação pode ocorrer em conjunto de quimioterapia e anticorpos monoclonais ou isoladamente cada uma delas. A aplicação destes medicamentos pode gerar efeitos colaterais momentanêos, com tendências a diminuir com o passar do tempo (reações anafiláticas ou reações alérgicas). Entre os sintomas relacionados à aplicação é importante prestar muito atenção em: diminuição da pressão arterial assim como o aumento súbito da mesma, sensação de dor, calor, falta de a e rubor.
 
 

Redes Sociais do Anunciante

Imprimir Anúncio
           
Compartilhar Anúncio

O ACESSOMEDICO.com é uma marca registrada do Expidia Group.
                        Contato